Atenção: Este site utiliza cookies. Ao continuar a navegar no site está a consentir a utilização dos cookies.
Escolha do consumidor Prémio 5 Estrelas

Programa terapêutico para controlar a diabetes

19 Julho, 2019

Neste artigo a Viva Melhor partilha consigo um programa terapêutico para controlar a doença, com duração de apenas 10 dias.

Programa terapêutico para controlar a diabetes

A diabetes é provocada pela falta de insulina e causa um aumento da glicose no sangue. Esta doença pode ser de origem hereditária e não tem cura, exigindo um acompanhamento permanente. Neste artigo a Viva Melhor apresenta-lhe um programa terapêutico para controlar a doença em apenas 10 dias.

A diabetes afeta cerca de 1 milhão de portugueses, com Portugal a posicionar-se entre os países europeus que registam uma das mais elevadas taxas de prevalência a doença, a qual foi estimada em 13,3% da população portuguesa com idades compreendidas entre os 20 e os 79 anos.

E, além de ser muito comum, as suas complicações secundárias são bastante temidas: amputações, hemodiálise ou perda da visão, além de acidentes vasculares cerebrais (AVC) ou enfartes do miocárdio.

Diante da gravidade do problema, é natural que se procure a cura para o problema. Mas ela não existe. Daí que todos os diabéticos devem ter, sempre que possível, um plano alimentar personalizado, equilibrado, adaptado ao seu estilo de vida e à terapêutica farmacológica.

 Sintomas

Os sintomas de níveis elevados de glicose no sangue incluem:

  • Aumento da sede;
  • Aumento da frequência com que se urina;
  • Aumento da fome;
  • Secura na boca;
  • Visão turva;
  • Sonolência;
  • Comichão no corpo;
  • Náuseas;
  • Diminuição da resistência durante exercício físico.

Tipos de diabetes

A diabetes do tipo I – Surge quando o pâncreas não produz insulina suficiente e o nosso sistema de defesa destrói as células produtoras desta hormona. Os portadores desta doença, são insulino-dependentes e têm muita sede e muita forme, e apesar de comerem exageradamente, continuam a emagrecer.

A diabetes do tipo II ou do adulto – É o tipo de diabetes mais comum e surge quando o pâncreas não é capaz de produzir insulina suficiente. Por norma surge sempre depois dos 30 anos de idade, sendo os seus sinais de alerta, o cansaço e a obesidade. Quando está em hipoglicemia, surge fraqueza, fome súbita, muita sede, suores frios, perda rápida de peso, dor de cabeça, mau estar geral, necessidade de urinar frequentemente e perda de visão.

Geralmente são controlados com uma dieta, mas se não resultar, a dieta é suplementada pela prescrição de medicamentos hipoglicemiantes orais e exercícios físicos regulares.

Conselhos para prevenir a diabetes

Tome sempre o pequeno-almoço – Não tomar o pequeno-almoço, por estar associado ao aumento de peso, é um fator de risco associado ao desenvolvimento de diabetes.

Controle o seu peso e tente mantê-lo num nível saudável – A manutenção de um peso corporal saudável, contribui para a saúde física e bem estar;

Coma devagar – Comer devagar proporciona uma melhor absorção de nutrientes, evita desconfortos gastrointestinais e ajuda a promover a saciedade.

Fracione a sua alimentação ao longo do dia – É importante comer várias vezes ao dia, não deve estar mais de 3 a 4 horas sem comer;

Acompanhe sempre a sua refeição com legumes cozinhados ou salada – Além de deixar as refeições mais nutritivas e os pratos mais saborosos, as verduras e legumes nutrem o corpo e fortalecem a saúde;

Faça uma alimentação rica em fibra – Coma cereais integrais, hortaliças e fruta fresca, pois ajuda a reduzir a absorção dos açúcares;

Reforce a ingestão de água – Deve-se ingerir no mínimo ingira 1,5 L de água por dia;

Faça atividade física – Faça caminhadas e outro tipo de exercícios.

Programa para controlar a diabetes

7:30 – Comer melão ou mamão – 300g

10:00 – 2 chávenas de sumo de talo da alface

11:30 – 3 comprimidos de levedura de cerveja

12:00 – Ao almoço, 75% de saladas cruas – tomate, alface, agrião. Repolho. Couve, salsa, cebola, cenoura, alho, acelga, pimentos vermelhos, azeite e sal – escolher 5 variedades destas. Os restantes 25% arroz integral, puré de batata, abóbora, lentilhas, soja, glúten, courgette, grão-de-bico, couve-flor – escolher 4 variedades destes alimentos, acrescentar sempre 50 g de tofu cru ou assado

15:00 – 1 chávena sumo de talo de alface

17:00 – 1 chávena sumo de talo de alface

19:30 – Ao jantar, pode comer mamão, maçã, banana, aveia ou germe de trigo e mel, iogurte natural, com biscoitos integrais e ameixas secas

21:00 – 1 chávena de sumo de talo de alface.

Glisin – o seu aliado no controlo dos níveis de glicose no sangue

E para ajudar a manter os níveis normais de açúcar no sangue e contribuir para o normal metabolismo dos açúcares como a glicose, das gorduras e proteínas, pode tomar o suplemento Glisin, um produto Viva Melhor, que fornece uma das ricas formas de Crómio e Biotina, cobrindo as necessidades diárias destes micronutrientes com cada dose.uma das mais ricas em Crómio e Biotina.

Este programa tem a duração de 10 dias e está publicado no nosso livro Viva Melhor com a medicina do lar.

Veja também:

 

 

 

Deixe uma resposta